domingo, 29 de julho de 2012

Adolescência...

Palavra que desperta emoção,
uma chuva de imagens e informações.
Um verdadeiro vulcão em constante erupção…
A implicância daquele professor…
O desespero pra passar na prova…
A vontade de chegar o recreio e encontrar sua paixão.
Achar que toda paixão é amor
e que todo amor é o grande amor da sua vida.
Sofrer…
Pensar que os grandes problemas só afetam os outros
e perceber que está completamente enganado.
Descobrir que os pais também erram,
que as mães também sofrem
e que o colo deles te fará muita falta depois que partirem…
Ter os amigos sempre perto,
curtir as festas,
curtir as férias,
curtir os porres,
e viajar…
Mudar sempre de ideia,
ter um turbilhão de emoções e opiniões em apenas um minuto.
Não ter medo de errar
e aprender com os próprio erros.
Se deparar com o inesperado,
plantar sementes do futuro,
optar pelos caminhos a seguir.
E se divertir.
Se divertir muito!
Dançar
a ponto de perceber que o tempo passa
rápido de mais
e quando menos se espera,
o futuro se apresenta,
sem perguntar se já viveu o suficiente essa fase da vida.
Por isso…
Carpe diem
para quando o amanhã virar hoje,
o ontem não se transformar uma frustração,
mas sim uma saudade.
Uma grande, enorme saudade…”


Nenhum comentário:

Postar um comentário